Canadense é multado em R$ 61 mil após voar com balões de hélio e atrapalhar o tráfego aéreo

  • O feito de Daniel Boria (Foto: Reprodução)

  • O feito de Daniel Boria (Foto: Reprodução)

  • O feito de Daniel Boria (Foto: Reprodução)

  • O feito de Daniel Boria (Foto: Reprodução)

O feito de Daniel Boria (Foto: Reprodução)

Daniel Boria é uma verdadeira dor de cabeça às autoridades da cidade de Calgary, no Canadá. Ainda em 2015, o jovem foi detido após se prender a 120 balões de hélio amarrados em uma cadeira e obrigar aviões a mudarem suas rotas.

Agora, no início de 2017, Daniel foi, finalmente, julgado pelo ocorrido. O tribunal resolveu multá-lo em 26,5 mil dólares canadenses  (algo como R$ 61 mil).

++ Alexandre de Moraes, novo ministro do STF, é comparado ao grande vilão de Harry Potter

De acordo com o site “Elite Daily”, o juiz responsável pelo caso, Bruce Fraser, classificou a ação do rapaz como “inconsequentemente estúpida”, podendo ter causado danos fatais para os passageiros dos aviões como para pessoas em terra.  Com somente 20 minutos de voo, Boria chegou a atingir 4 mil metros de altura.

“Não existe nada de fantástico, engraçado ou emocionante sobre isso. Foi idiota e perigoso”, concluiu o juiz.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viral





Sem comentários

Escreva um comentário
Ainda sem comentários Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será exibido
Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias