Entretenimento, Cultura e Lazer

Herói! Cão salva criança de ser afogada pela própria mãe

1

 

Para quem ainda tem algum tipo de preconceito contra Pit Bull, esta história fará você simpatizar um pouco mais com a raça. Tudo porquê semana passada, uma mulher tentou afogar seus dois filhos, de 5 e 9 anos, no rio Murray, na cidade australiana de Moama. Até que o Pit Bull de outra família viu o que estava ocorrendo e entrou em ação. Graças a Buddy (Pit Bull), um dos irmãos pôde sobreviver, já que quando viu que o menino precisava de ajuda, o cachorro correu até ele sem pensar duas vezes.

Em uma tentativa heroica de salvar as crianças, Buddy mordeu a mãe das crianças e tentou arrastar os pequenos para fora do rio. O cão só conseguiu salvar o irmão mais velho, mas quando a polícia chegou, o animal também foi capturado e levado pela polícia. O motivo? Para tirar o menino do rio, o cachorro acabou mordendo o pequeno, e a polícia, sem saber o que havia acontecido exatamente, o levou pensando se tratar de um cão perigoso que havia atacado as crianças.

Foi então que os donos de Buddy criaram uma página no Gopetition, na qual pediam ajuda para salvar o cãozinho. Nela, diziam: “Buddy é um membro da nossa família e cresceu rodeado de crianças a vida toda; ele sempre foi um cachorro adorável e carinhoso, claramente viu um menino que precisava de ajuda e tentou ajudá-lo”. A polícia estava pensando em sacrificar o animal, alegando que ele era perigoso, mas graças às assinaturas no site (mais de 50.000) e a investigação policial, se confirmou que o animal não é perigoso e que, efetivamente, foi o responsável por tentar salvar as crianças.

A mãe (cujo nome se desconhece devido a assuntos legais) foi processada por assassinato e tentativa de assassinato. Graças a Buddy, o irmão mais velho segue se recuperando no hospital. E a família comunicou nesta quinta (9) em sua página no Facebook que Buddy foi finalmente liberado pela polícia para voltar para casa com honras de herói das história. Sem dúvida uma história triste, que poderia ter acabado ainda pior se esse lindo Pit bull não tivesse intervindo.