Sucesso virtual: Da web para as capas de revistas – As famosas “selfies” viram negócio lucrativo.

Sucesso virtual! Com o fenômeno das redes sociais – em especial, do Instagram – mulheres de todo o mundo abusam das famosas ‘selfies’ e andam lucrando alto com isso. Atualmente, o que antes era uma simples brincadeira, se tornou um negócio lucrativo graças às fotos sensuais e motivacionais compartilhada com milhares de seguidores.

No Brasil, Gabriela Pugliesi e Carol Buffara movimentam uma legião de seguidores com suas dicas diárias de exercícios e boa alimentação e, ao associarem suas imagens a uma marca, recebem por isso. Já lá fora o negócio é outro. Diferente das brasileiras, as estrelas da web internacionais vem ganhando destaque ao postarem fotos mostrando o corpão, sem nenhum tipo de dica relacionada a imagem, muitas vezes a foto nem legenda têm. Renee Somerfield, Sheridyn Fisher, Ellie Gonsalves e a precursora Jen Selter são exemplos disso.

Renee, de 23 anos ganhou fama graças as inúmeras fotos de biquíni. Com mais de 430 mil seguidores no Instagram, a australiana arrematou a capa de janeiro da edição australiana da revista "Maxim", além de um ensaio intitulado "As estrelas da internet mais sensuais da Austrália". Ao lado dela, Sheridyn (com mais de 560 mil seguidores) e Ellie (com 220 mil pessoas na rede social), também ganham destaque.

De acordo com o "Daily Mail", a musa-inspiradora é Jen Selter, com dois milhões de seguidores na rede! Dentre eles, uma de suas seguidoras mais famosas inclui a cantora Rihanna. Seu segredo? O bumbum arrebitado – foco na maioria de suas fotos. O atributo faz tanto sucesso que costuma ultrapassar 70 mil curtidas!

Jen deixou a faculdade para focar na fama e, segundo a publicação, já fechou vários acordos comerciais, entre eles, com uma fabricante de água mineral e outra de suplementos vitamínicos. Seu próximo passo seria lançar uma linha própria de roupas de academia. Nada mal.
Siga o JETSS no FACEBOOKINSTAGRAM e TWITTERyes cool


Tags assigned to this article:
Rihanna





Sem comentários

Escreva um comentário
Ainda sem comentários Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será exibido
Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias