Prefeito de Hvar, na Croácia, determina multas para quem não agir conforme é desejado no local

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

  • Uma das placas com as proibições (Foto: Divulgação)

A paradisíaca ilha de Hvar (Foto: Divulgação)

Um dos destinos mais procurados pelos amantes da vida noturna e de paisagens paradisíacas é, sem dúvida, a cidade de Hvar, na Croácia. No entanto, o local não está tão feliz com o tratamento que vem recebido dos turistas e resolveu agir.

++ W South Beach oferece tratamentos com preço reduzido durante o ‘mês do spa’ em Miami

A partir deste mês, a cidade foi coberta de placas que proíbem alguns comportamentos erráticos, como andar somente de biquíni na cidade ou comer nas calçadas. Quem errar receberá multas que variam entre € 500 (algo como R$ 1837) e € 700 (algo como R$ 2572).

A medida teria sido tomada por conta do modo como turistas – principalmente os britânicos que sempre vão à ilha – agem na região. O prefeito do local, Rikardo Novak iniciou a ação, de acordo com o site “Lonely Planet”, para restaurar a reputação de Hvar.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viagem





Últimas notícias