Após alvoroço, prefeito nega que dará R$ 7 mil a quem quiser se mudar para vilarejo na Itália

  • O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

  • O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

  • O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

  • O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

  • O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

O vilarejo de Bormida (Foto: Divulgação)

No intuito de atrair novos moradores, o vilarejo de Bormida, na Itália, oferece 2 mil Euros (algo como R$ 7 mil) a quem quiser se mudar para lá. Isso porque, a vila conta com somente 394 habitantes.

Além do valor ganho, o aluguel na cidadezinha chama atenção. Uma casa de três quartos custa, por mês, o equivalente a R$ 175.

++ Cruzeiro inova ao construir pista de kart da Ferrari disponível aos passageiros

Pelo Facebook, o prefeito de Bormida afirma que, quem desejar se tornar um morador do vilarejo, terá que seguir regras ainda não divulgadas.

No entanto, o prefeito do local, Daniele Galiano, negou que a proposta esteja aberta a todos. “É uma iniciativa que já foi feita em 2014, mas não é aberta a todos: tem que ser cidadão italiano, ter uma renda familiar de 10 mil euros e se inscrever no concurso público que vai ser aberto”, disse após receber mais de 17 mil mensagens de pessoas interessadas.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viagem





Sem comentários

Escreva um comentário
Ainda sem comentários Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será exibido
Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias