Para evitar desconforto, aeroportos chineses criam filas de raio-x somente para mulheres

O primeiro aeroporto a adotar esse método foi o de Pequim (Foto: Reprodução)

O primeiro aeroporto a adotar esse método foi o de Pequim (Foto: Reprodução)

A China acabou de criar um método inusitado para a travessia no raio-x nos aeroportos: uma fila somente para mulheres na área de controle de segurança.

A ideia surgiu no aeroporto internacional Guangzhou Baiyun, na província de Guangdong, sudeste do país, que criou três filas separadas sinalizadas pela cor rosa e na qual somente seguranças mulheres trabalham.

++ Irritado com barulho das orações, homem desliga som de templo budista em Mianmar

Antes dele, o aeroporto internacional de Pequim também havia adotado filas exclusivas para mulheres, já em março. O mesmo foi repetido nos estabelecimentos de Shenzhen, Kumming e Wuhan.

De acordo com as autoridades, o objetivo é evitar o desconforto das passageiros no momento da revista, já que serão somente seguranças mulheres. Além disso, espera-se que o tempo de espera para os homens diminua já que, na visão deles, as pessoas do gênero feminino costumam levar objetos que são inspecionados mais arduamente.

”As mulheres normalmente trazem mais coisas para embarcar, e nós pedimos normalmente que elas se preparem antecipadamente para passar pela checagem itens como cosméticos, celulares, iPads e outros pertences, para ajudar a economizar tempo”, afirmou Luang Yanfei, uma das seguranças mulheres, ao jornal “China Daily”.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viagem





Últimas notícias