Após polêmicas, TripAdvisor deixa de vender ingressos para atrações que maltratem animais

Os elefantes fazem parte de uma das espécies mais sofridas (Foto: Reprodução)

Os elefantes fazem parte de uma das espécies mais sofridas (Foto: Reprodução)

Para a felicidade dos amantes dos animais, o site de viagens “TripAdvisor” anunciou que irá deixar de vender ingressos das atividades turísticas mais cruéis com os bichos. Acredita-se que, a cada ano, cerca de 110 milhões de pessoas visitem esses locais sem saber que lá existam abusos. Não existirá mais ingressos vendidos para aqueles zoológicos em que dopam os tigres para tirar fotos ou selfies com golfinhos.

Uma das espécies mais sofredoras é, sem dúvida, os elefantes. Quando filhotes eles são tirados de suas mães e passam a ter um sofrido psicológico e físico diário para que sejam treinados. Ao final, espera-se que fiquem submissos o suficiente para que permaneçam acorrentados pelo resto de suas vidas, realizando passeios com turistas.

++ Avião pousa em cidade errada, sem querer, na Indonésia

A decisão do site de entretenimento turísticos ocorre menos de seis meses após o lançamento da campanha “Silvestres. Não Entretenimento” da World Animal Protection, que reuniu mais de 558 mil assinaturas de protetores da vida animal de todo o mundo.

O TripAdvisor divulgará, ainda, uma parceria com a World Animal Protection e outros especialistas da conservação animal e da indústria do turismo, um portal que terá como intuito educar os turistas sobre o tipo de atração que deseja assistir, se há ou não abusos contra os animais.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS


Tags assigned to this article:
Viagem





Sem comentários

Escreva um comentário
Ainda sem comentários Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será exibido
Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias