Irritado com barulho das orações, homem desliga som de templo budista em Mianmar

  • Mianmar (Foto: Divulgação)

  • Mianmar (Foto: Divulgação)

  • Mianmar (Foto: Divulgação)

Mianmar (Foto: Divulgação)

Sem aguentar o barulho das orações perto do hotel em que estava hospedado em Mianmar, um homem holandês foi até o templo e desligou os alto-falantes provocando, assim, a ira dos moradores. Após o ato, ele foi preso por “insulto à religião”, crime pelo qual pode ficar preso por dois anos.

++ Após perder o embarque, casal invade pista de aeroporto para tentar entrar em avião

O ocorrido aconteceu na última sexta-feira (23), enquanto um sermão budista para o final de semana era transmitido. O holandês de 30 anos, de acordo com Kyi Soe, da polícia local, adentrou o templo e, sem explicação, desconectou os cabos que uniam o amplificador.

“Posteriormente, a multidão o seguiu e encontrou o hotel onde se hospedava”, acrescentou o porta-voz que revelou que ele foi detido em uma das prisões de Mandalay, no centro do país. Sua acusação é de infringir a seção 295 do código penal relacionada aos insultos à religião. O homem irá à júri nos próximos dias.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS

 

 


Tags assigned to this article:
Viagem





Últimas notícias